segunda-feira, 6 de março de 2017

DuckTales

DUCKTALES - OS CAÇADORES DE AVENTURA
Digitalização by Renato Ptl/Tratamento by Outsider Z/HORDA

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI ou AQUI

Confesso que DuckTales não foi um desenho animado que fez parte de minha infância. O motivo é simples: eu já era adulto na época. Tinha começado a trabalhar a sério e parava muito pouco para ver TV e, com certeza, não dera de manhã. Mas, Ducktales faz parte da vida. Afinal, todo leitor de quadrinhos que leu Disney e Carl Barks sabe exatamente como DuckTales foi uma animação importante. 

Carl Barks foi o quadrinhista que criou o Tio Patinhas e todo o universo dos patos, nos quadrinhos. Ao redor deles criou aventuras épicas que influenciaram até mesmo pessoas como Steven Spielber e George Lucas em filmes como Os Caçadores da Arca Perdida. Então, nada mais justo que Ducktales se inspirasse no filme de Spileberg e Lucas e trouxesse para as telas os quadrinhos de Carl Barks. 

Tio Patinhas havia aparecido apenas duas vezes em animações: uma em que ele ensinava economia para os sobrinhos e outra, a mais lógica, em que ele interpretava o personagem que inspirou sua criação, o velho Scrooge, de Conto de Natal. E parou aí. 

Os executivos da Disney queriam uma nova animação de aventura, mas não queriam arriscar os personagens mais conhecidos da casa, Mickey e Donald, preferindo trazer outros próximos a eles, no caso Tio Patinhas e os sobrinhos de Donald, Huguinho, Zezinho e Luisinho. Também criaram novos personagens como o célebre Capitão Bóing e a sobrinha Patrícia. 

O sucesso imediato fez com que a animação inspirada nos quadrinhos logo fosse também quadrinizada, o que gerou aventuras incríveis, três delas nestas 466 páginas. Sim, três histórias em 466 páginas. Verdadeiras sagas, sendo que a primeira delas é escrita por ninguém menos que Marv Wolfman. Pois então, assovie a música tema e divirta-se.


Um comentário:

luigi disse...

Muito bom, obrigado pelo scan !!!!